Páginas

terça-feira, 5 de abril de 2011

O que é Cervicobraquialgia??


A cervicalgia é uma inflamação da coluna cervical (pescoço) podendo ter dores irradiadas para os membros superiores (braços, antebraços e mãos). E quando se tem uma compressão e/ou pinça dos nervos, o quadro evolui para uma cervicobraquialgia, e a causa principal é quando as dores começam a irradiar para os membros superiores. Caracterizada por alteração de sensibilidade, dor e, queimação, formigamentos, e até diminuição da força muscular nos membros superiores, tais como regiões dos ombros, braços, antebraços e mãos, podendo ainda ser uni ou bilateral (os dois braços).
A compressão das raízes nervosas, mais comuns está entre as 4ª e 5ª / 5ª e 6ª vértebras cervicais. As ramificações nervosas que saem do meio da nossa coluna (das vértebras) são responsáveis por inervar uma determinada área do nosso. Então os nervos que saem da coluna cervical possuem ramificações que se estendem para os ombros, cotovelos, antebraços, mãos, dedos e para a cabeça (região da nuca occipital).
  A principal causa em adultos jovens é a hernia de disco vertebral na região cervical, que comprime a raiz nervosa. Entre as diversas causas, pode se citar: fraturas da coluna, podendo ser decorrentes de traumas por quedas de altura,  serviços repetitivos ou com peso, tumores, infecções, inflamações.
Em idosos, a causa mais comum é a combinação de fatores: diminuição do espaço intervertebral e artrite. Outras causas são: postura inadequada, tarefas repetitivas e sedentarismo.
Os sinais e sintomas podem ser dor, fraqueza e parestesia no pescoço e/ou irradiada para o membro superior. Espasmos musculares e fasciculações podem ocorrer na região inervada pela raiz nervosa comprimida. Fraqueza, flacidez, perda dos reflexos, falta de coordenação, perda de força no punho, dificuldade de segurar objetos, de escrever e de realizar tarefas gerais com as mãos. Dores de cabeça na parte posterior e dores irradiadas nas costas e região escapular também podem ocorrer.
O diagnóstico é de fundamental importância e pode ser realizado a partir da história clinica que nos conduz à pesquisa, seguido de um bom exame físico que define a confirmação da história clinica e exames complementares que podem ser, RX da coluna, Tomografia Computadorizada, Ressonância Nuclear Magnética, Eletroneuromiografia, Cintilografia óssea.
Os tratamentos são sempre específicos, de acordo com a etiologia causal e o diagnóstico medico. O tratamento conservado pode ser através das técnicas de RPG (Reeducação Postural Global), Osteopatia, Liberação Miofascial e a fisioterapia convencional.

4 comentários:

  1. Muito bom Gi, parabéns pela pesquisa e pelo artigo, vai em frente que voce tem potencial!!

    Um grande abraço do paciente ausente !!


    Washington

    ResponderExcluir
  2. Dra. Giselle, gostaria de saber se é possível uma pessoa diagnosticada com "cervicobraquialgia decorrente de hérnia de disco nível C5-C6" ter tido como causa um sobrepeso na cabeça.

    ResponderExcluir
  3. Dra Giselle,a duas semanas acordei com meu braço esquerdo ardendo em dor q não podia nem mover o mesmo um dia depois um pouco mas calmo reparei q além de dor perdi força um pouco de coordenação , os dedos indicador e polegar formigando e não sinto a parte de fora do braço (a pele) como se tivesse uma capa e nao sinto dor alguma na coluna apenas do ombro até os dedos
    Agradeço a ajuda...

    ResponderExcluir